Quinta-feira, 12 de Julho de 2012

Sinto dentro do peito a despontar

O primeiro sintoma da paixão...

- O causador foi esse teu olhar

Que despertou assim o meu coração!

 

Ligada a ti fiquei, sem hesitar,

Lendo no teu olhar dedicação...

Quem poderia, enfim, por ti passar,

Sem reparar na tua sedução?!

 

Mãezinha! Tu não poderás zangar-te...

Eu sinto-me feliz, sabendo amar-te,

Embora ame, na vida, mais alguém!

 

És bondosa! -perdoas certamente...

Se quem é bom perdoa a toda a gente,

Perdoa, sempre, um coração de mãe!

 

Maria José Alves Pereira da Silva  - "Ilha dos Amores" - pág. 16 - 1961



publicado por Rafael às 20:55 | link do post | comentar

mais sobre mim
Março 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

MÃE

"Regressa, Amor"

Jamais

Maria José vestida de esp...

Primeiro Amor!

Maria José na sua casa de...

Maria José em sua casa

Maria José com 32 anos

Maria José com 27 anos

Maria José com 18 anos

Maria José com 4 anos em ...

A Infância nos primeiros ...

É Melhor o Silêncio

Prémios

Livros publicados

EU - Maria José Alves Per...

arquivos

Março 2015

Março 2013

Julho 2012

Junho 2009

tags

1944

1961

27 anos

32 anos

80

angola

casa

espinho

eu

fotografia 18 anos paredes

livros

mãe

paredes

poema

poesia

poetisa

praia

prémios

regressa amor

todas as tags

favoritos

O terramoto em Paredes - ...

Envie notícias para "A Re...

blogs SAPO
subscrever feeds